Hoje é 22 de maio de 2024 10:48
Hoje é 22 de maio de 2024 10:48

Vilmar Mariano se filia ao União Brasil com bênçãos de Caiado e Daniel Vilela

Pré-candidato à reeleição em Aparecida de Goiânia, ele deixou o MDB e fará campanha em parceria com Sandro Mabel, que também se filiou ao partido do governador para buscará a prefeitura da Capital
Evento de filiação de Vilmar Mariano e Sandro Mabel ao partido União Brasil na noite desta quinta-feira em Goiânia: prefeito de Aparecida de Goiânia deixou MDB para garantir candidatura à reeleição em Aparecida de Goiânia // Fotos: Divulgação

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano, se filiou ao partido União Brasil na noite desta quinta-feira (4/4), em evento na sede do partido em Goiânia, quando também o empresário Sandro Mabel se filiou à legenda. Vilmar deixa o MDB para garantir tranquilidade à sua candidatura à reeleição, já que havia resistência do grupo político local liderado pelo ex-prefeito Gustavo Mendanha (MDB). A ida para o União Brasil foi definida em articulação com o governador Ronaldo Caiado, presidente do partido em Goiás, e com o vice-governador, Daniel Vilela, presidente do MDB.

Com forte ligação com Aparecida de Goiânia, Sandro Mabel se filiou à sigla para disputar a prefeitura de Goiânia. Dias atrás ele transferiu seu domicílio eleitoral para a capital e desfiliou-se do partido Republicanos. Mabel trabalhou ativamente para manter a unidade entre Vilmar e Gustavo Mendanha, que tentou emplacar o ex-deputado Leandro Vilela (MDB) como candidato a prefeito em Aparecida.

Vilmar Mariano agradeceu especialmente ao governador Ronaldo Caiado por ter atuado ativamente na sua filiação ao partido.

“Obrigado a cada um que ajudou a costurar e ajudou a construir esse momento. Vamos bater a eleição em Aparecida e juntos continuar o legado de Maguito Vilela” discursou o prefeito Vilmar.

Vilmar elogiou a presença de ex-prefeitos, deputados, vereadores e ex-vereadores do município no evento, o que, para ele, demonstra unidade entre União Brasil e MDB em Goiás e em Aparecida. E minimizou a saída do MDB.

“A unidade política é o primeiro passo para construir a unidade das pessoas. Vamos fazer a melhor campanha em Aparecida com parceria com Goiânia. O que menos importa é qual partido, se MDB ou União Brasil, o que importa é as pessoas que estão aqui para fazer a diferença, tanto no União Brasil como no MDB”, reforçou.

Caiado afirmou que a filiação de Vilmar ao União Brasil faz parte da estratégia do partido com MDB em Goiás de eleger o maior número de prefeitos.

“Essa é a união que formamos para reeleger Vilmar Mariano em Aparecida e eleger Sandro Mabel em Goiânia. Vamos fazer um cinturão do ‘44’ em Aparecida, em Goiânia e em todas as cidades próximas para fazer a melhor gestão em Goiás e nos municípios”, destacou Caiado.

Caiado pede presente em Goiânia: eleger Mabel

Sobre a eleição em Goiânia, o governador lembrou que o partido fez três pesquisas qualitativas em Goiânia, que indicaram que o eleitor quer votar em um candidato que seja gestor experiente. Por isso, foi atrás de um político com esse perfil. Ele citou que já brigou demais com Sandro Mabel, mas que deixou as diferenças de lado para atender aos anseios da população.

“O governador tem que entrar numa campanha é daquele que pode melhorar a vida do goianiense e do povo do estado de Goiás, essa é minha responsabilidade”, discursou, destacando que nunca um governador elegeu o prefeito da capital.

“Eu quero que vocês me deem esse presente, para que a gente possa eleger o Sandro Mabel o prefeito de Goiânia”, pediu Caiado aos correligionários presente.

Sandro Mabel reforçou que a ideia do grupo político capitaneado pelo governador é formar um “cinturão 44”, em referência ao número do partido União Brasil, para tentar eleger prefeitos na região metropolitana de Goiânia.

“Acho que vamos executar um bom trabalho no União Brasil, junto com Goiânia, junto com o governador, unindo com os municípios aqui do entorno de Goiânia, Senador Canedo”, pontuou.

Falando ao PORTAL NG, o prefeito de Senador Canedo, Fernando Pelozzo (União Brasil), pré-candidato à reeleição, acredita que sua campanha será beneficiada com a proposta de união da base do governador na grande Goiânia.

“A força que o governador tem demonstrado no seu governo repassa para os municípios, tem dado para a gente uma segurança muito grande, principalmente para mim, que sou gestor de primeiro mandato”, destacou.

“Cada vez que ele consegue fortalecer o seu grupo político, hoje eu no União Brasil, isso também fortalece o União Brasil de Senador Canedo, como ele disse hoje, que vai nos apoiar”, acrescentou Pelozzo, que deixou o PSD no ano passado para se filiar ao União Brasil a convite do governador.

Daniel Vilela: ‘Somos um time só’

Presidente estadual do MDB, Daniel Vilela avaliou que o momento “demonstra maturidade de um grupo político”. A ida de Vilmar para o União Brasil, segundo ele, garante continuidade ao “legado” de seu pai, Maguito Vilela, que administrou o município por dois mandatos entre 2009 e 2016.

“Fico com o coração apertado com a filiação do Vilmar ao União, mas tenho a consciência de que somos um time só. O que eu quero de Aparecida é ter um amigo que dê sequência ao legado do meu pai e que continue dando orgulho à população, que é o que vemos hoje, o povo de Aparecida se orgulha da cidade que mora. Esse projeto vai seguir vivo sob a sua liderança, Vilmar, com o nosso apoio e com o apoio do governador Ronaldo Caiado”, pontuou.

“Sandro Mabel com Vilmar em Aparecida será 44 aqui e 44 lá. Com esse grupo junto, tenho certeza que vamos fazer uma campanha espetacular. Goiânia e Aparecida tem 15 km de divisa e nós vamos trabalhar juntos dando maior qualidade de vida para a nossa população”, afirmou.

O vice-governador assegurou a Sandro Mabel que, a partir de agora e até o dia da eleição, em outubro, estará ao lado dele para “resgatar a qualidade de vida” que havia na capital.

“Precisamos reconquistar a referência que nossa cidade sempre foi para o país e para o mundo, para que assim, os goianienses se sintam realizados com o trabalho de um gestor que realmente cuida de Goiânia”, falou.

O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, que chegou ao evento mais tarde, também ressaltou a união de forças para o melhor para a população.

“É uma alegria estar presente na filiação de duas figuras importantes que vão trabalhar pelo bem da nossa população. Estou aqui com os companheiros para dizer que estaremos juntos trabalhando pela população das nossas cidades. Hoje nós damos a mão com muita maturidade em prol de Aparecida e de Goiânia. Que Deus abençoe a cada um”, afirmou.

Várias lideranças de Aparecida acompanharam a decisão do prefeito Vilmar e se filiaram ao União Brasil, entre eles a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Sulnara Santana; o deputado estadual Veter Martins, que deixou o PRD; e vários vereadores que serão anunciados em um encontro em Aparecida.

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Bruno Peixoto, que foi a primeira liderança estadual do União Brasil a declarar o apoio à reeleição de Vilmar ainda em 2023, também marcou presença no ato que reuniu deputados, ex-deputados, os prefeitos de Senador Canedo e Goianira, vereadores, secretários e lideranças.

Também filiada do União Brasil, a deputada federal Sylvie Alves marcou presença no ato e garantiu que participará ativamente das campanhas de Vilmar em Aparecida e Sandro em Goiânia.

Compartilhar em:

Notícias em alta