Hoje é 20 de abril de 2024 13:13
Hoje é 20 de abril de 2024 13:13

Vanderlan diz que saída de Pellozo do PSD não muda cenário sucessório em Senador Canedo

Demonstrando tranquilidade com as movimentações visando a eleição de 2024 no município, o senador considera natural o aparecimento de vários nomes para concorrer à prefeitura e não descarta em "hipótese nenhuma" apoiar a reeleição do prefeito
Senador Vanderlan Cardoso, presidente do PSD: “Aqueles que tiverem interesse em ter apoio nosso, vamos dialogar com todos” // Foto: Portal NG

Considerado o grande cabo eleitoral do município de Senador Canedo, cidade da qual já foi eleito prefeito em 2004 e 2008, o senador Vanderlan Cardoso não se abalou com a repentina saída de Fernando Pellozo do PSD para se filiar ao União Brasil, do governador Ronaldo Caiado. Conciliador, o político reafirmou ao PORTAL NG seu apoio à administração do prefeito, eleito em 2020 com sua ajuda decisiva, destacando que Pellozo faz uma boa administração e os dois devem conversar.

“O meu apoio ao prefeito Fernando Pellozo não ficou amarrado a partidos. Ele não conversou comigo sobre a questão de deixar o PSD, mas com certeza vai conversar. Ele está fazendo uma boa administração. Vamos sentar e definir”, declarou Vanderlan, assim que divulgada a decisão de Pellozo de mudar de partido.

Vanderlan Cardoso assumiu a direção do PSD em Goiás na quinta-feira (1/6), em substituição a Vilmar Rocha. Na manhã seguinte Pellozo confirmou, em reunião no Palácio das Esmeraldas, sua decisão de ir para o União Brasil, partido presidido em Goiás por Ronaldo Caiado.

“Particularmente, essa questão do Fernando Pellozo, se ele quiser sair para qualquer partido não vai mudar nada pra mim, principalmente em relação ao município. Vou continuar ajudando o município, com recursos”, acrescentou Vanderlan, explicando que já enviou mais de R$ 30 milhões e vai continuar destinando verbas para “ajudar a resolver os gargalos que a cidade ainda tem”.

Sobre a preparação do partido para as eleições municipais de 2024, Vanderlan destaca que o objetivo do PSD é se fortalecer.

“Não gosto de dar um número de quantos prefeitos pretendemos eleger. Posso dizer que a pretensão nossa é eleger o maior número possível. Pra isso, vamos começar a entrar em campo logo, com nossa equipe”, adianta, dizendo ainda que “tem muitos nomes bons querendo vir para o PSD”.

“Estaremos mapeando e buscando lançar chapa, se possível, em todos os municípios”, conclui.

‘Não descarto em hipótese nenhuma apoiá-lo na reeleição’

Demonstrando tranquilidade com as movimentações políticas visando a eleição de outubro de 2024, quando serão escolhidos vereadores e prefeito, o senador afirma que é natural o aparecimento de vários nomes para concorrer à Prefeitura de Senador Canedo.

“Na eleição passada para achegar ao nome do Fernando Pellozo, tinha muitos bons pré-candidatos. Agora aqueles que tiverem interesse em ter apoio nosso, vamos dialogar com todos. E no final, como foi na eleição passada, vamos tomar uma decisão madura e, mesmo o prefeito saindo do partido, não descarto em hipótese nenhuma em apoiá-lo na reeleição”, explicou.

Ao repórter Vinícius Portugal, Vanderlan Cardoso elogiou dois possíveis pré-candidatos a prefeito, Henrique Arantes (MDB) e Carpegiane Silvestre (Patriota).

“O Henrique Arantes eu conheço e é um bom nome, tem propriedade em Senador Canedo, é um direito dele [se candidatar]. Fiquei até feliz que em entrevista ele disse que vai nos procurar para conversar”, avaliou.

“O Carpegiane conheço desde garotinho, é presidente da Câmara, tenho um respeito muito grande pelo pai dele, o irmão dele é o vice-prefeito atual. Então é um nome bom”, finalizou.

Compartilhar em:

Notícias em alta