Hoje é 20 de abril de 2024 13:54
Hoje é 20 de abril de 2024 13:54

Três homens são presos em Goiás suspeitos de aplicar golpe do falso boleto de R$ 1,6 milhão 

Segundo as investigações, o trabalho da polícia começou no Rio de Janeiro quando a vítima percebeu que tinha pagado, por meio da sua empresa, o boleto falso
Grupo pode responder pelos crimes de associação criminosa, estelionato, e, caso seja confirmado, lavagem de capitais | Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil de Goiás, em parceria com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, cumpriu quatro mandados de busca e apreensão contra três homens. O trio, que é de Goiás, é suspeito de praticar o golpe chamado de falso boleto no Rio de Janeiro. A operação aconteceu nesta quarta-feira (30/8).

Segundo as investigações, o trabalho da polícia começou no Rio de Janeiro quando a vítima percebeu que tinha pagado, por meio da sua empresa, um boleto falso no valor de R$ 1,6 milhão.

De acordo com a polícia de Goiânia, após diversos cruzamentos de dados de inteligência, a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da PCERJ representou, no Rio de Janeiro, pelas expedições dos mandados.

O delegado William Bretz, responsável pelo caso em Goiás, disse que os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Vicentinópolis e Mairipotaba, no sul do Estado, e também em Senador Canedo.

A Polícia Civil de Goiás ainda informou que as investigações continuam para verificar se existem outras vítimas, porque o grupo é suspeito de praticar crimes de estelionato em outras regiões do Brasil.

O delegado William Bretz disse que o grupo pode responder pelos crimes de associação criminosa, estelionato, e, caso seja confirmado, lavagem de capitais.

Compartilhar em:

Notícias em alta