Hoje é 21 de maio de 2024 08:26
Hoje é 21 de maio de 2024 08:26

Suplente de deputado Felipe Cecílio ressalta ‘experiência’ de Jânio Darrot

Além de considerar Darrot preparado, o suplente de deputado do MDB afirma que o pré-candidato a prefeito é capaz de juntar em torno de si “um grupo sólido” para vencer a eleição em Goiânia
Suplente de deputado federal Felipe Cecílio: “Jânio é uma pessoa que foi testada e aprovada como empresário e como político” // Foto: Portal NG

O suplente de deputado federal Felipe Cecílio (MDB) aposta que Jânio Darrot (MDB), pré-candidato a prefeito de Goiânia da base de apoio do governador Ronaldo Caiado (União), tem as qualidades necessárias para unir os partidos aliados e chegar forte na disputa ao Paço Municipal. Ainda em novembro, Cecílio declarou apoio ao ex-prefeito de Trindade, após retirar seu nome dos possíveis pré-candidatos a prefeito da capital, ainda em novembro.

“O Jânio tem uma experiência muito grande, tanto na iniciativa privada tanto na gestão pública. Ele é uma pessoa que foi testada e aprovada como empresário e como político”, avalia.

“Quando ele decidiu que seria realmente candidato, não tive dúvida de que se eu não fosse ser candidato, seria ele que eu apoiaria”, acrescenta Felipe Cecílio, que é neto dois políticos importantes em Goiás: o ex-senador Mauro Miranda e o ex-deputado federal Jamel Cecílio.

Além de considerar Darrot preparado, o suplente de deputado, que obteve 14.685 votos na eleição de 2022, afirma que o pré-candidato é capaz de juntar em torno de seu nome “um grupo sólido o suficiente para levar essa eleição, até no primeiro turno”.

Ao comentar sobre o nome para compor a chapa como vice-prefeito da base aliada, Felipe Cecílio aponta que uma mulher seria o ideal.

“Não que tenha necessariamente que ser, mas seria bom se fosse uma mulher”, analisa, pontuando, ainda, que essa escolha não é o foco no momento.

“Acho que isso vai ser depois que tiver tudo definido, o grupo junto, para ver quais as possibilidades e qual seria a melhor pessoa para ser vice”, conclui.

Compartilhar em:

Notícias em alta