Hoje é 18 de abril de 2024 14:22
Hoje é 18 de abril de 2024 14:22

Sob comando de Marussa Boldrin, MDB de Rio Verde aposta na união com Caiado

Oficializada na direção da Comissão Provisória do partido do vice-governador Daniel Vilela em Rio Verde, deputada federal afirma que a definição de nome para concorrer à sucessão municipal em 2024 passa pelo crivo do governador
Deputada federal Marussa Boldrin com o vice-governador Daniel Vilela: “Nós teremos um bom candidato. Seja do MDB ou não, vamos estar juntos no processo” // Foto: NG

Oficializada na direção da Comissão Provisória do MDB em Rio Verde, a deputada federal Marussa Boldrin começa agora a discutir como o partido irá se comportar na eleição municipal de 2024 no principal município da região Sudoeste de Goiás. A parlamentar, que é uma das mais jovens da Câmara dos Deputados, afirma que tudo será definido em conversas que passam, necessariamente, pelo presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, e também pelo governador Ronaldo Caiado, presidente do União Brasil, afinal o prefeito Paulo do Vale, que já está no segundo mandato consecutivo é filiado ao partido de Caiado.

“Oficializamos a posse no comando do Diretório Municipal junto com o nosso presidente Daniel Vilela e agora essa semana vamos sentar, discutir, conversar, sempre com o governador Ronaldo Caiado, qual será a melhor estratégia para que a gente continue um mandato de excelência do governo e também que o município de Rio Verde cresça independentemente de quem seja o candidato”, declarou a deputada em entrevista ao PORTAL NG.

“Nós teremos um bom candidato. Seja do MDB ou não, vamos estar juntos no processo”, reforçou Marussa, indicando que as duas forças políticas, MDB e União Brasil, vão marchar unidos na eleição para prefeito na cidade, no próximo ano.

Eleita deputada federal com mais de 80 mil votos em 2022, Marussa Boldrin é citada como um nome forte para concorrer à prefeitura, apesar de estar no início do primeiro mandato em Brasília. Ela também foi vereadora no município entre 2016 e 2020.

“Eu sempre fui grata a isso. Sem fazer acordos, mas, sim, trabalhando. E esse reconhecimento atrai políticos e também a população a nos ver como possível candidata. Eu fico feliz por isso”, pondera a deputada, evitando definir claramente seu futuro político-eleitoral.

“Eu sempre trabalhei sem projeção de ‘agora eu quero ser prefeita, quero ser vereadora, quero ser deputada’, eu sempre fiz meu trabalho, o reconhecimento é das pessoas que fazem e nos ajuda a alavancar meu crescimento”, completa Marussa, mencionando que muito a contribuir com Goiás e Rio Verde na Câmara dos Deputados.

Compartilhar em:

Notícias em alta