Hoje é 19 de maio de 2024 02:41
Hoje é 19 de maio de 2024 02:41

Serralheiro de 53 anos é preso em Goiânia suspeito de estupros em série

Segundo polícia, desde 2015 ele abordava as vítimas em via pública, as obrigava a entrar no carro e cometia os crimes sexuais, abandonando-as em locais ermos
Daniel Maurício de Oliveira foi identificado e preso, no setor Solange Park, em Goiânia: com o suspeito, foram encontrados objetos roubados por ele da última vítima // Foto: Divulgação/PCGO

Policiais civis prenderam no último sábado (23/3) em Goiânia um homem de 53 anos de idade suspeito de ser autor de ao menos oito estupros ocorridos em Goiânia e municípios próximos, desde 2015. De acordo com o que foi apurado pela Polícia Civil, ele abordava as vítimas em via pública, as obrigava a entrar em seu veículo e cometia os crimes sexuais.

O serralheiro Daniel Maurício de Oliveira foi identificado e preso, no setor Solange Park, em Goiânia, em investigação conjunta da Delegacia Estadual de Atendimento Especializado à Mulher de Goiânia e do 1º Distrito Policial de Trindade. Além do estupro, ele também roubava e abandonava as vítimas em local ermo. Entre as vítimas, há uma criança de 11 anos, à época dos fatos.

O suspeito costumava utilizar veículos de parentes ou de terceiros para praticar os crimes. Na maioria dos casos, ele dopava as vítimas para diminuir sua capacidade de resistência. Algumas vezes, usava arma ou faca para ameaçá-las.

Segundo a Polícia Civil, durante a investigação, todas as vítimas descreveram o homem da mesma forma: estatura mediana, branco, sem barba, cabelos grisalhos.

“O autor era identificado por todas as vítimas com as mesmas características, e o que deu alerta para a Polícia Civil iniciar as investigações foi justamente o alerta da Polícia Técnico-Científica da coincidência de perfil genético, apontando o mesmo suspeito, embora não identificado”, explica a delegada Amanda Menuci.

Ainda de acordo com a delegada Amanda Menuci (foto), as vítimas não tinham ligação entre si e nem com o suspeito, e eram escolhidas aleatoriamente a depender da oportunidade.

Delegada Amanda Menuci

Crimes eram praticados desde 2015

A Polícia Civil de Goiás também divulgou o histórico dos crimes atribuídos ao suspeito:

1º de janeiro de 2015: vítima de 22 anos, na zona rural de Trindade;

30 de dezembro de 2016: vítima de 11 anos, Jardim Cerrado, Goiânia;

20 de fevereiro de 2018: vítima de 34 anos, GO-060, município de Santa Bárbara de Goiás;

18 de janeiro de 2020: vítima de 56 anos, abordada no Jardim Curitiba/Goiânia e deixada na GO-070/Goianira;

02 de julho de 2022: vítima de 22 anos, Setor Andreia, Goiânia (abordada em frente ao Portal Sul Shopping);

04 de maio de 2023: vítima de 56 anos, Setor Nova Esperança, Goiânia

10 de dezembro de 2023: vítima de 24 anos, Setor Progresso, Goiânia

16 de março de 2024: vítima de 55 anos, Residencial Real Conquista, Goiânia

A prisão temporária contra Daniel Maurício de Oliveira foi cumprida em relação ao último crime, fato este ocorrido em 16 de março deste ano. Na residência do suspeito, a polícia encontrou o celular desta vítima e o veículo utilizado neste crime (VW Fox de cor escura) e em outro estupro, ocorrido em dezembro de 2023.

Quatro das oito vítimas já fizeram reconhecimento fotográfico do autor e laudo pericial da Polícia Técnico-Científica confirmou definitivamente a autoria após confronto de DNA do autor com o material biológico por ele deixado nas vítimas.

A divulgação da imagem do preso foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021/PC, conforme despacho do(a) delegado(a) de polícia responsável pelo inquérito policial, de modo que a publicação de sua imagem possa auxiliar no surgimento de novas vítimas e testemunhas que façam seu reconhecimento, além de novas provas.

O PORTAL NG não conseguiu contato com a defesa do suspeito, para ouvir a versão dele.

Compartilhar em:

Notícias em alta