Hoje é 22 de maio de 2024 12:28
Hoje é 22 de maio de 2024 12:28

PSD terá candidato a prefeito em Goiânia e Senador Canedo, diz Vanderlan

Para senador, tanto ele quando a esposa, Izaura Cardoso, encabeçam candidaturas “sólidas” e bem posicionadas na disputa pelas duas prefeituras
Senador Vanderlan Cardoso durante encontro do PSD com pré-candidatos da região metropolitana de Goiânia: “Nós temos coragem, determinação” // Foto: Divulgação

O PSD do senador Vanderlan Cardoso vai bancar ao menos duas candidaturas a prefeito em cidades importantes da região metropolitana de Goiânia. O próprio Vanderlan, presidente estadual do partido, é pré-candidato na Capital e a esposa dele, Izaura Cardoso, está decidida a disputar a prefeitura de Senador Canedo – município já administrado pelo marido (entre 2005 e 2012).

O senador confirmou nesta terça-feira (13/5) as duas pré-candidaturas. Ao ser questionado se conseguiria manter as duas campanhas, ele disse que não falta coragem e que ambas as candidaturas são “sólidas”

“Nós temos coragem, determinação, tanto eu como a Dona Izaura. É uma decisão que ela tomou de ser candidata, ela gosta, entende da cidade, e já está em empate técnico com os outros adversários. Então, por certeza, as duas pré-candidaturas são sólidas”, declarou Vanderlan, durante encontro do PSD com pré-candidatos da Região Metropolitana de Goiânia.

O político afirmou ainda que tem conversado com outras siglas, que podem indicar um nome para candidato a vice-prefeito. Ele disse que, por estratégia, prefere não revelar mais detalhes. As conversações devem seguir intensas até as convenções partidárias para definição das chapas.

“Vamos ter um período ainda, estamos dialogando com outros partidos. Quem sabe, até as convenções, a gente pode ter surpresas agradáveis”, acrescentou.

Vanderlan Cardoso disse ainda que não existe possibilidade de ele recuar da candidatura para apoiar a candidata do PT, Adriana Accorsi.

“Zero de possibilidade. Estamos muito bem posicionados em todas as pesquisas, é uma candidatura que é sólida. Então, por quê você sair e deixar de ser candidato para apoiar outra candidatura?”, finalizou.

Compartilhar em:

Notícias em alta