Hoje é 18 de abril de 2024 15:24
Hoje é 18 de abril de 2024 15:24

Pronto para retornar ao MDB, Gustavo Mendanha avalia gestão de Rogério Cruz: ‘Goiânia perdeu o brilho’

No PodCast Bate-Papo NG, ex-prefeito de Aparecida de Goiânia fala sobre sua relação com o Governo Caiado, participação nas eleições de 2024, consulta ao TSE sobre sua candidatura em Goiânia e ainda avalia o Governo Lula
Gustavo Mendanha, ex-prefeito de Aparecida de Goiânia: “Acho que até fora do governo [Caiado] tenho mais tranquilidade para desenvolver aquilo que eu acredito e ajudar também quem me ajudou” // Fotos: NG

Na segunda parte da entrevista ao PodCast Bate-Papo NG, do PORTAL NOTÍCIAS GOIÁS, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha fala sobre seu retorno ao MDB e adianta que deve se refiliar ao partido em agosto. Outros nomes devem fortalecer a sigla do vice-governador Daniel Vilela, virtual candidato da base governista para suceder Caiado em 2026.

“Daqui a pouco eu estou de volta ao MDB. A ideia é fazer essa afiliação e vou poder participar mais de perto e até agindo como articulador do partido”, afirma, acrescentando que esse processo de reoxigenação tem sido feito por Daniel Vilela.

“Eu e o Daniel nos acertamos. Não vamos ficar olhando pra trás, mas olhar pra frente, porque o para-brisa é muito maior que o retrovisor”, argumenta.

Pragmático, o político afirma que a reconciliação com Daniel Vilela faz parte do amadurecimento político de ambos, que tem 39 e 40 anos e que devem pensar no legado que têm que deixar para as futuras gerações.

“No processo político às vezes a gente tem divergência, mas sempre temos que pensar no bem-estar do nosso estado. Eu trabalhei, votei contra, mas não vou torcer pro mal do Brasil porque o Lula está governando”, exemplifica.

O político fala ainda que não vai participar do Governo Caiado, mas ajudar o estado com sugestões e críticas.

“Acho que até fora do governo tenho mais tranquilidade para desenvolver aquilo que eu acredito e ajudar também quem me ajudou. Acho que devo isso para as pessoas que realmente lutaram para que eu tivesse a quantidade de votos na eleição para governador”

Gustavo Mendanha também afirma que deve participar ativamente da eleição de 2024, apoiando, nos municípios, candidatos que estiveram com ele durante a campanha de 2022.

E ainda avalia a possibilidade de lançar candidatura em Goiânia, em 2024, o que dependerá de uma resposta do Tribunal Superior Eleitoral, que será consultado sobre essa possibilidade, já que ele foi eleito em 2016 e reeleito em 2020 e, por isso, estaria impedido de concorrer a um novo cargo de prefeito.

“A gente vai buscar à luz do direito essa exceção à regra, que é uma regra boa, mas também acho que a partir da renúncia a gente pode, sim, buscar isso”, diz, explicando que vai argumentar na Justiça Eleitoral o fato de ter renunciado para concorrer a cargo de governador, o que afastaria a tese do “prefeito itinerante”, que renuncia para candidatar-se a prefeito em outro município, geralmente de menor expressividade. A consulta será protocolada no TSE em agosto.

O prefeito também avalia a gestão de Rogério Cruz (Republicanos), em Goiânia, e dispara: “Goiânia perdeu o brilho”. E comenta possível candidatura de Ana Paula Rezende a prefeita de Goiânia.

Mendanha participou do PodCast Bate-Papo NG na última quarta-feira (28/6), acompanhado do vereador Sandro Oliveira (Cidadania), de Aparecida de Goiânia. Ele também respondeu perguntas do quadro FATO OU FAKE.

O Pod Cast Bate-Papo NG é realizado às 19h de toda quarta-feira, com convidados representativos dos diversos segmentos sociais, políticos e empresariais. É transmitido ao vivo pelo Youtube nos canais do PORTAL NG (https://www.youtube.com/@portalnoticiasgoias).

Compartilhar em:

Notícias em alta