Hoje é 18 de abril de 2024 13:16
Hoje é 18 de abril de 2024 13:16

Polícia resgata 43 internos que estavam amarrados em uma segunda clínica de pastores

Novo local também pertence a Ângelo Máio Klaus Júnior e Suelen Amaral Klaus, considerados responsáveis pela clínica onde outras 50 pessoas foram encontradas desnutridas e com graves ferimentos
Segundo a polícia, os 43 resgatados foram levados para o albergue montado pela prefeitura no estádio municipal | Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil resgatou outros 43 internos de uma segunda clínica clandestina investigada em Anápolis. A segunda chácara foi localizada pela polícia nesta quinta-feira (31/8). No local, os agentes encontraram alguns pacientes amarrados.

De acordo com a polícia, o novo local também pertence a um casal de pastores responsáveis pela clínica onde outras 50 pessoas foram encontradas desnutridas e com graves ferimentos.

Os internos encontrados na segunda chácara estavam trancados com cadeados, sendo a maioria portadora de deficiência intelectual.

Segundo o delegado Manoel Vanderic, os suspeitos Ângelo Máio Klaus Júnior e Suelen Amaral Klaus tiveram a prisão preventiva decretada.

Todavia, apenas a mulher foi presa, o homem permanece foragido. Até o fechamento desta matéria, a defesa dos dois não havia se pronunciado sobre o caso.

O delegado explicou que o local consistia em uma instalação insalubre e contava com alimentos vencidos e medicações sedativas que eram aplicadas sem receita ou orientação médica.

De acordo com a polícia, os poucos resgatados que conseguem se comunicar relataram agressões físicas e disseram que somente eram soltos para as duas refeições do dia. Eles confirmaram aos policiais que o local pertence aos responsáveis pela outra clínica investigada.

Segundo a polícia, os 43 resgatados foram levados para o albergue montado pela prefeitura no estádio municipal, onde passam por triagem para identificação e recambiamento, já que a maioria é de outros estados. Alguns dos internos precisaram ser hospitalizados.

A Polícia Civil ainda explicou que dois seguranças do local fugiram com a chegada dos agentes. No total, seis pessoas foram autuadas em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada.

Compartilhar em:

Notícias em alta