Hoje é 16 de abril de 2024 12:12
Hoje é 16 de abril de 2024 12:12

Polícia prende um dos maiores sonegadores de impostos do ramo de bebidas em Goiás

Empresários são investigados por sonegar R$ 135 milhões; eles agiam em Luziânia e Novo Gama, cidades do Entorno do Distrito Federal
Foto: Reprodução

Um grupo de empresários é investigado por sonegar R$ 135 milhões em impostos com vendas de uísque, gin e outras bebidas. Durante operação, deflagrada nesta quinta-feira (13/7), dois empresários foram presos.

Os suspeitos são investigados pela Secretaria da Economia e agentes da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT). As investigações apontaram que eles agiam em Luziânia e Novo Gama, cidades do Entorno do Distrito Federal (DF). Um escritório de contabilidade em Brasília, também está na mira dos investigadores.

De acordo com o delegado Alexandre Alvim, o grupo é um dos maiores sonegadores de impostos do ramo de bebidas em Goiás. Eles são investigados desde 2021, quando o fisco notou que o valor arrecadado pela empresa era maior que o declarado. Durante a investigação, os agentes descobriram que os autores usavam nomes de laranjas nas transações comerciais.

Segundo os investigadores, com a sonegação dos impostos, o grupo conseguiu vender as bebidas por valores muito abaixo do mercado, gerando assim, concorrência desleal.

As investigações apontam que os comércios movimentaram mais de R$ 1,6 bilhão nos últimos cinco anos. Além dos R$ 135 de impostos sonegados, o grupo já estava inscrito em dívida ativa com mais de R$ 50 milhões entre ICMS e multa.

Compartilhar em:

Notícias em alta