Hoje é 19 de maio de 2024 01:13
Hoje é 19 de maio de 2024 01:13

Polícia Civil e órgãos tributários realizam operação contra empresa suspeita de sonegar R$ 250 mi

Ação conjunta resultou no cumprimento de 23 mandados de busca e apreensão, 07 mandados de prisão temporária, além do bloqueio judicial de bens e valores até o montante de R$ 115 milhões
Equipes estiveram na sede da empresa que não teve seu nome divulgado pela Polícia Civil // Foto: ASCOM PC-GO

A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira, dia 27, uma operação em colaboração com a Secretaria da Economia, por meio do Fisco Estadual, e a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária – DOT para investigar a sonegação fiscal de cerca de R$ 250 milhões em impostos. A ação contou com a participação de mais de 30 auditores-fiscais e mais de 200 policiais civis, totalizando cerca de 50 servidores da Secretaria da Economia, entre Fisco e equipe de apoio. 

A operação resultou no cumprimento de 23 mandados de busca e apreensão, 07 mandados de prisão temporária, em Aparecida de Goiânia, Trindade, Goianira e Anápolis,  além do bloqueio judicial de bens e valores até o montante de R$ 115 milhões. No entanto, estima-se que o valor sonegado possa ultrapassar os R$ 250 milhões. O nome da empresa investigada não foi divulgado, o que impossibilitou nossa reportagem de pedir um posicionamento sobre a investigação em curso.

De acordo com informações iniciais, a fraude identificada pela Gerência de Inteligência Fiscal ao longo de mais de quatro meses de investigações, envolve um grupo empresarial do ramo de produtos elétricos. Esse grupo comercializava a maioria de seus produtos por meio de licitações com o setor público utilizando “laranjas” para ocultar os reais proprietários e o patrimônio. A empresa investigada também é suspeita de sonegar impostos em suas operações de vendas.

Compartilhar em:

Notícias em alta