Hoje é 18 de abril de 2024 13:36
Hoje é 18 de abril de 2024 13:36

Polícia apreende em rodovias goianas ônibus de bolsonaristas que deixavam Brasília

PRF informa que não há registro de bloqueios em vias federais em Goiás até a manhã desta segunda-feira; equipes da polícia já fiscalizaram aproximadamente 70 ônibus e revistaram mais de mil passageiros

Até a manhã desta segunda-feira (9/1), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu dois ônibus que voltavam do ato golpista em Brasília. Um dos veículos foi parado em Morrinhos, no sul do estado, e outro em Hidrolândia, na Região Metropolitana de Goiânia.

No primeiro caso, a apreensão aconteceu ainda no domingo (8/1). O grupo com 28 pessoas e o motorista foram levados para a Polícia Federal em Goiânia e liberados depois de serem ouvidos.

O grupo saiu de Piraí do Sul (PR). A empresa dona do ônibus não se pronunciou sobre o caso.

A segunda apreensão de ônibus aconteceu em Hidrolândia nesta manhã. Segundo a PRF, apenas dois motoristas estavam no veículo. 

Eles estão sendo levados para a sede da PF na capital goiana. 

O nome dos motoristas ou da empresa dona do veículo não foram divulgados.

A PRF informou que não há registro de bloqueios em rodovias federais em Goiás até a manhã desta segunda-feira (9/1). Equipes da polícia já fiscalizaram aproximadamente 70 ônibus e revistaram mais de mil passageiros.

Uma decisão do ministro Alexandre de Moraes determinou a “apreensão e bloqueio de todos os ônibus identificados pela Polícia Federal, que trouxeram os terroristas para o Distrito Federal. 

Os proprietários deverão ser identificados e ouvidos em 48h, apresentando a relação e identificação de todos os passageiros, dos contratantes do transporte, inclusive apresentando contratos escritos caso existam, meios de pagamento e quaisquer outras informações pertinentes”.

“Os ônibus que foram apreendido faziam parte da lista de veículos identificados pela Polícia Federal e que constavam nessa decisão do ministro”, afirma o inspetor da PRF Tiago Queiroz.

Compartilhar em:

Notícias em alta