Hoje é 20 de abril de 2024 14:08
Hoje é 20 de abril de 2024 14:08

Para Wellington Bessa, prefeito Rogério Cruz acerta ao adiar decisão sobre candidatura à reeleição

Ex-secretário de Educação de Goiânia, vereador avalia que o prefeito tem um capital político importante, conquistado principalmente junto ao funcionalismo, e está com diversas obras significativas em andamento na cidade, que devem redundar em aumento da aprovação da gestão
Vereador Wellington Bessa: “A prioridade para ele [Rogério Cruz] é o trabalho por Goiânia e a candidatura é uma consequência; havendo o reconhecimento das pessoas, não tem como ele não vir como candidato novamente” // Foto: Mariana Capeletti

Ex-secretário de Educação de Goiânia, o vereador Wellington Bessa (DC) avalia como correta a estratégia do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) de deixar para o início do próximo ano a decisão sobre candidatura à reeleição. De volta à Câmara após dois anos à frente da Educação municipal, o parlamentar afirma ao PORTAL NG que o prefeito tem um capital político importante, conquistado junto ao funcionalismo, e está com diversas obras significativas em andamento na cidade, que devem redundar em aumento da aprovação da gestão.

“A política é uma construção e o prefeito tem construído há cerca de 30 meses esse trabalho na cidade de Goiânia e obviamente o fruto do trabalho vem, o resultado, que é o reconhecimento do povo”, disse.

“Acho que ele está certo nesse momento em se posicionar dessa forma. A prioridade para ele é o trabalho por Goiânia e obviamente a candidatura é uma consequência, havendo o reconhecimento das pessoas, não tem como ele não vir como candidato novamente”, acrescenta Wellington Bessa.

O parlamentar cita criação de diversos planos de cargos e salários, concessão de data-base e diversos reajustes salariais na gestão de Rogério Cruz, o que representa, nas palavras do vereador, “uma revolução nesses últimos dois anos e meio” na relação da prefeitura com os servidores.

“Ontem o prefeito Rogério Cruz anunciou convocação de 465 do cadastro de reserva do concurso da Educação que foi homologado no último ano. Isso é muito importante para Goiânia, é uma demanda da comunidade, da Câmara Municipal e de todos os aprovados”, exemplifica.

“Como sempre esteve muito atento às pautas da Educação, especialmente em relação a direito dos servidores públicos, o prefeito Rogério Cruz fez uma revolução nesses últimos dois anos e meio quanto a servidores e agora está, mais uma vez, convocando esses 465 aprovados, o que vai ultrapassar 1150 servidores já convocados para esse concurso que foi realizado”, acrescenta Wellington Bessa, dizendo ainda que solicitou ao prefeito o pagamento a data-base e o projeto de plano de cargas e salários dos administrativos da educação.

Compartilhar em:

Notícias em alta