Hoje é 20 de abril de 2024 12:47
Hoje é 20 de abril de 2024 12:47

Governador Ronaldo Caiado e prefeito Vilmar Mariano inauguram Escola padrão século XXI

Nova unidade teve orçamento de R$ 5,9 milhões e atenderá 960 estudantes do ensino fundamental; escola está localizada no setor Retiro do Bosque
Governador Ronaldo Caiado e prefeito Vilmar Mariano inauguram Colégio Estadual Elberto Alves Batista em Aparecida | Fotos: Claudivino Antunes/Lucas Dienes

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano, e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, inauguraram, nesta sexta-feira (4/8), o Colégio Estadual Elberto Alves Batista. A nova unidade atenderá 960 estudantes do ensino fundamental e está localizada no setor Retiro do Bosque.

A obra inaugurada teve orçamento de R$ 5,9 milhões. A escola foi equipada com carteiras, armários, mesas de trabalho para professores e equipamentos tecnológicos que permitem maior imersão e aprendizado dos alunos atendidos pela rede pública de ensino.

De acordo com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, Aparecida deve ganhar mais unidades padrão século 21.

“Vamos derrubar as escolas de placa que existem em Aparecida e construir novas, que abriguem nossos alunos com a qualidade que eles merecem. Essa região tem muitas empresas que necessitam de mão de obra qualificada e essa escola é o pontapé para criar profissionais bem preparados para o futuro”, ressaltou o governador.

Caiado também enalteceu a importância do novo colégio e destacou a parceria entre o governo estadual e a prefeitura de Aparecida de Goiânia para a concretização desse projeto.

“São as parcerias que permitem com que a gente tenha escolas como essas na nossa cidade. Esse Colégio vem de encontro a necessidade dessa população, que precisava atravessar a BR -153 para estudar. Com essa inauguração as crianças vão poder estudar na porta de casa”, disse o prefeito Vilmar Mariano.

O ex-prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha falou sobre o orgulho de ter naquela região uma escola padrão século 21. 

“Aqui estão instaladas empresas, o novo aeroporto e graças aos esforços do saudoso Maguito Vilela, um campus da Universidade Federal de Goiás. Essa é uma das regiões que mais crescem em Aparecida e cada vez mais eleva o orgulho de ser aparecidense”, frisou Mendanha.

As obras de construção do centro de ensino começaram em 2013 e foram paralisadas em 2015 por falta de pagamento. Após negociação e quitação de dívidas com fornecedores, os serviços foram retomados em dezembro de 2021, pela gestão do governador Ronaldo Caiado. A conclusão do colégio recebeu investimento de R$ 7,1 milhões do Tesouro goiano.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a estrutura receberá estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. O novo edifício também receberá, de forma temporária, alunos do Colégio Estadual Olímpio Alves, que fica na Vila Sousa. A escola, também de placas, será totalmente demolida para a construção de um novo e moderno prédio educacional.

Escola padrão século XXI

O colégio foi construído no modelo conhecido como padrão século 21. São 12 salas de aula, biblioteca, 2 laboratórios (ciências e informática), um bloco administrativo, sala dos professores, auditório, cozinha, pátio coberto e com refeitório, quadra poliesportiva coberta, banheiros, vestiários, estacionamento interno e ampla área de convivência. 

Nesta semana também tomou posse a nova secretária de Educação de Aparecida. A titular da pasta, Idelma Oliveira, ressaltou o comprometimento do município com uma educação de excelência. 

“Estamos empenhados em elevar o nível educacional das nossas crianças para que elas estejam preparadas para o futuro. Desde o CMEI ao ensino médio, Aparecida tem unidades escolares aptas a oferecer um ensino inovador e de qualidade”, explicou Idelma Oliveira.

O governador Ronaldo Caiado ainda aproveitou a solenidade para inaugurar a retoma e ampliação de mais dois colégios estaduais em Aparecida. São eles: Colégio Estadual Rodolfo de Oliveira, no Parque das Nações, e Colégio Estadual Marsomito Alves Oliveira, no Bairro Independência. 

Foram investidos R$ 1,6 milhões entre obras de prevenção e combate a incêndio, reformas em instalações elétricas, de telhado e piso, além de construção de novas salas e sanitários.

Compartilhar em:

Notícias em alta