Hoje é 20 de abril de 2024 13:21
Hoje é 20 de abril de 2024 13:21

Fieg recebe embaixador chinês e apresenta potencial da indústria goiana

Visita institucional foi articulada pelos Conselhos Temáticos da Agroindústria e de Comércio Exterior, liderados pelos empresários Marduk Duarte e William O'Dwyer, respectivamente
Presidente da Fieg, Sandro Mabel: “Goiás e China, historicamente, têm relação comercial com muitos negócios em comum” // Foto: Divulgação

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), recebeu nesta terça-feira (15/8) o embaixador da China no Brasil, Zhu Qingqiao, com objetivo de apresentar o potencial da indústria goiana. O roteiro do representante chinês fez parte da programação oficial da comitiva que visita Goiás para estreitar o intercâmbio comercial entre o Estado e o País asiático. Essa é a primeira vez que um embaixador visita a Goiás.

Presidente da Fieg, Sandro Mabel.

“Goiás e China, historicamente, têm uma profícua relação comercial, com muitos negócios em comum. É um comércio ativo, uma via de mão dupla, com muito espaço para potencializar negócios”, destacou o presidente da Fieg, Sandro Mabel.

O embaixador chinês elogiou a economia pujante do Estado e o potencial de desenvolvimento.

“Estou ansioso para aprofundar o diálogo com os empresários presentes. Temos mútuas oportunidades de crescimento”, afirmou Zhu Qingqiao, ressaltando a importância em conhecer pessoalmente o espaço para fazer crescer a cooperação do seu país com a indústria goiana.

O vice-governador de Goiás, Daniel Vilela (MDB), relatou sobre a projeção do Estado de investir R$ 10 bilhões em obras de infraestrutura estratégicas à abertura de novas fronteiras agrícolas na região.

O gestor da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás, Pedro Leonardo, complementou a fala do vice-governador, afirmando que toda atividade do agronegócio em Goiás caminha de mãos dadas com a indústria e destacou a representatividade da Fieg nessa defesa

“A Fieg é fundamental nessa jornada. Esse momento histórico não seria possível sem o apoio da federação. A instituição foi nosso primeiro parceiro na articulação da visita da comitiva chinesa”, disse Pedro Leonardo.

No seminário com a comitiva chinesa, foram apresentadas potencialidades de setores estratégicos da economia goiana, com participação de representantes das indústrias Milhão Ingredients e Piracanjuba/Laticínios Bela Vista, dos presidentes de sindicatos Jerry Alexandre (Siago), Leandro Stival (Sindicarne) e André Rocha (Sifaeg/Sifaçúcar) e do presidente da Casmin, Wilson Borges.

A visita institucional foi articulada pelos Conselhos Temáticos da Agroindústria (CTA) e de Comércio Exterior (CTComex), liderados pelos empresários Marduk Duarte e William O’Dwyer, respectivamente.

Compartilhar em:

Notícias em alta