Hoje é 22 de maio de 2024 12:13
Hoje é 22 de maio de 2024 12:13

Estudante de 16 anos é a terceira vítima da dengue em Goiás em 2024

Fernanda Ferreira Martins faleceu em decorrência de uma forma grave da doença, associada à diabetes em um hospital de Uruaçu no último sábado, dia 3
A jovem foi homenageada nas redes sociais por sua mãe e em seu velório pelos colegas de escola // Foto: Instagram

Uma jovem estudante de 16 anos morreu vítima da dengue na cidade de Uruaçu, situada no norte de Goiás, no último sábado (3). De acordo com informações do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), Fernanda Ferreira Martins faleceu em decorrência de uma forma grave da doença, associada à diabetes.

Em comunicado oficial, o HCN expressou pesar pela perda da adolescente e manifestou solidariedade à família, colocando-se à disposição para fornecer informações sobre o caso. Neste domingo (4), familiares e amigos de Fernanda realizaram uma cerimônia de despedida em Uruaçu. 

A mãe da jovem, Isabel Ferreira, prestou homenagem à filha nas redes sociais ao som de “Estrelinha”, de Di Paullo & Paulino com Marília Mendonça. “Voa alto, minha estrelinha, e manda forças para a mamãe aqui. Sua partida já está fazendo muita falta, meu amor. Fica para sempre viva aqui dentro de mim”, escreveu.

Fernanda atuava como design de unhas em gel e frequentava o 3º ano do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CPMG). A instituição emitiu nota de solidariedade à família, enquanto os colegas prestaram homenagens durante o velório.

Goiás está em situação de emergência por conta da dengue

A superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Flúvia Amorim, alertou para o aumento dos casos de dengue em Goiás, além do crescimento dos registros de chikungunya. Os casos desta última doença já apresentam um aumento de 100% em comparação com o mesmo período de 2023.

Os casos de dengue têm sido identificados em diversos municípios, especialmente na região do Entorno do Distrito Federal. Já as notificações de chikungunya estão mais concentradas no Sudoeste Goiano, área que faz divisa com os estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. De acordo com informações da SES, em 2024 houve um aumento de 58% nos casos, o que levou o governo estadual a decretar situação de emergência por conta da doença.

Ainda segundo informações da SES neste ano mais duas pessoas morreram por dengue no estado. A primeira, foi um homem que morreu dia 5 de janeiro em Uruaçu. E a segunda vítima foi um outro homem de 33 anos, morador de Águas Lindas de Goiás. De acordo com a pasta são investigadas outras 38 mortes por suspeita de dengue no estado.

Compartilhar em:

Notícias em alta