Hoje é 18 de abril de 2024 14:57
Hoje é 18 de abril de 2024 14:57

Detran de Goiás alerta sobre golpes envolvendo licenciamento e IPVA

Órgão reitera que no Estado de Goiás, ainda, não há a possibilidade de pagamento de tributos e taxas via Pix; as formas de pagamento aceitas, no momento, são por boleto bancário ou Documento Único de Arrecadação
Presidente do Detran-GO, Delegado Waldir, reforça que os cidadãos devem ficar atentos para evitar se tornarem vítimas | Fotos: Detran

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) alerta aos proprietários de veículos sobre as tentativas de golpes envolvendo pagamento de IPVA e licenciamento. O órgão informa que esse número pode aumentar nos próximos dias, período em que vence o prazo para quitação do imposto e taxas de quase dois milhões de veículos.

Segundo o Detran-GO, nos últimos 90 dias, a Ouvidoria do Departamento Estadual de Trânsito recebeu reclamações de 38 cidadãos que foram vítimas de crimes virtuais referente ao pagamento dos tributos.

Entre os dias 9 e 20 de outubro vencem os prazos para que os proprietários façam o pagamento do IPVA e Licenciamento Anual de 2023. Nesse período, os cuidados para evitar serem vítimas de golpes virtuais devem ser redobrados já que os criminosos se aproveitam da pressa e desatenção para fazer cada vez mais vítimas.

Conforme relatos feitos na Ouvidoria da autarquia, os proprietários de veículos são contatados pelo Whatsapp, por e-mail ou redirecionados a páginas falsas após pesquisar em ferramentas virtuais. Como atrativos, os criminosos oferecem descontos de até 40% para pagamentos feitos por Pix. Algumas vítimas relataram ter enviado mais de R$ 3 mil para contas de terceiros.

O Detran-GO alerta os usuários que no Estado de Goiás, ainda, não há a possibilidade de pagamento de tributos e taxas via Pix. As formas de pagamento aceitas, no momento, são por boleto bancário ou Documento Único de Arrecadação (DUA), que devem ser acessados diretamente no aplicativo Detran GO ON ou no site https://goias.gov.br/detran/.

O presidente do Detran-GO, Delegado Waldir, reforça que os cidadãos devem ficar atentos para evitar se tornarem vítimas. “O dinheiro que vai para o bandido não volta mais”, alerta.

A recomendação do órgão é que o cidadão sempre busque os canais oficiais para emitir boletos. Em alguns casos específicos, quando se trata de negociação com empresas credenciadas, os débitos podem ser parcelados no cartão de crédito.

Compartilhar em:

Notícias em alta