Hoje é 20 de abril de 2024 12:54
Hoje é 20 de abril de 2024 12:54

Congresso reúne em Goiânia lideranças rurais da região Centro-Oeste

Evento da Faeg contou com mais de dois mil participantes de todo o estado; ação teve como objetivo fortalecer as ações da federação, junto aos sindicatos, das lideranças rurais
Evento abordou informações importantes do que tem mais de moderno no mercado do agronegócio | Fotos: Fredox Carvalho

O congresso de Lideranças do Agro em Goiás, organizado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), reuniu 2.500 participantes e mais de 50 caravanas vindas de todo o estado. O evento, que também fez parte das comemorações dos 30 anos do Senar Goiás, aconteceu nesta quinta-feira (22/6).

De acordo com o presidente do Sistema Faeg/Senar, José Mário Schreiner, a ação teve como objetivo fortalecer as ações do Sistema Faeg, junto aos sindicatos, das lideranças rurais, dos nossos instrutores, técnicos de campo e para que isso chegue aos produtores de todo o nosso estado.  

“O agro não se faz só com o grande produtor. Mas com quem também planta alface, cria galinhas por exemplo. E isso independente do tamanho da produção, seja ela grande ou pequena. É por isso que temos que ser multiplicadores de informações para que todos tenham consciência do seu valor e tenham meios para crescer”, disse José Mário Schreiner.

O superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges, destacou a importância do evento que abordou informações importantes do que tem mais de moderno no mercado.

“É sempre importante que o nosso público esteja antenado e nós juntos caminhando nessa caminhada do setor mantendo ele sempre em pujança, superando esses desafios”, ressaltou Dirceu Borges.

O presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Rafael Gouveia, também esteve no evento e destacou a importância de preparar as pessoas para obter mais qualidade e produtividade.

“Nós costumamos dizer que a Emater é a casa do agricultor familiar. De fato, nosso foco, através dos nossos técnicos espalhados nos 246 municípios, é levar a essas famílias assistência técnica, levando a eles também todas as inovações para que eles possam cada vez mais aumentar a sua produtividade e também gerar renda para sua família, melhorar a sua vida no campo e automaticamente ajudar na economia do estado”, disse Rafael Gouveia.

De acordo com o deputado estadual Lucas do Vale, o Estado de Goiás tem uma aptidão vinculada ao agro. É a mola propulsora da economia de nosso estado. São regiões produtoras, regiões que já têm essa afinidade com o campo que se destacam.

“São várias frentes agrícolas que nós temos no Estado de Goiás. Não só as grandes culturas, não só o gado, mas também com o pequeno produtor e trazer isso para a cidade é o papel do Senar e também da Faeg de estar trazendo esses fóruns para debate, estimular os estudantes que estão nas universidades para trazer o assunto em pauta”, concluiu Lucas do Vale.

Palestrantes renomados abordaram diversos temas relacionados ao Agro

Durante o evento, o psicólogo e palestrante internacional, Rossandro Klinjey, explicou como sair fora da caixa, pensando além do óbvio.

“Eu não sei detalhes do trabalho de cada um de vocês, mas sei que vocês são responsáveis pela comida que eu tenho na mesa. E aqui nós vamos aprender a reconhecer quais são nossas maiores dificuldades? O que faz que nós sejamos nosso maior inimigo durante as tentativas de atingir nossas conquistas?”, ponderou Rossandro Klinjey.

Na parte da tarde, Paulo Herman, ex-presidente da John Deere no Brasil, trouxe o tema o agro Brasileiro: tendências, desafios e oportunidades.

“Você pode perguntar para qualquer pessoa que está terminando a faculdade de agronomia, veterinária, qualquer uma dessas voltadas para o setor do agronegócio. Dificilmente alguém vai saber pilotar um drone, a entender o funcionamento prático de uma máquina. Hoje o mercado pede pessoas que passam por esse tipo de qualificação, a mais próxima possível da realidade de trabalho”, exemplificou Paulo Herman.

Encerrando o congresso, Leo Chaves, subiu ao palco com a palestra “A grande arte de liderar”. O cantor, que fazia dupla com o irmão Victor, usa a experiência de 15 anos cantando em bares, até chegar ao sucesso e depois os desafios de permanecer no mercado.

 “É muito bom falar para um público como esse. Muitos aqui me acompanham, mas com todos eu tenho um vínculo além da música, a minha raiz é rural. Tenho muitas experiências para dividir, mas claro, as músicas fazem parte desse momento”, contou Leo Chaves.

Compartilhar em:

Notícias em alta