Hoje é 18 de abril de 2024 14:45
Hoje é 18 de abril de 2024 14:45

Anúncio de Leandro Ribeiro como pré-candidato a prefeito de Anápolis antecipa saída de Roberto Naves do PP

Prefeito andava insatisfeito com os rumos do PP, especialmente pela aproximação com o Governo Lula, e a forma como a direção estadual escolheu o pré-candidato acelerou a saída dele do partido
Roberto Naves: prefeito de Anápolis está no segundo mandato e deve ter participação ativa na sucessão eleitoral de 2024, possivelmente apoiando uma candidatura no município // Foto: Bruno Velasco

O anúncio de que o vereador Leandro Ribeiro é pré-candidato do PP a prefeito de Anápolis em 2024 foi a gota d’água pra saída do prefeito da cidade, Roberto Naves, do partido. Não pela escolha do pré-candidato, mas pela forma que ocorreu a definição, sem participação de Naves, que está no segundo mandato consecutivo e, obviamente, desaprovou o gesto da direção estadual da silga.

O anúncio da definição do pré-candidato foi feito em reunião no gabinete do deputado federal José Nelto, com participação do presidente estadual do PP, Alexandre Baldy. Leandro Ribeiro é vereador licenciado e cupa a subsecretaria estadual de Indústria e Comércio, dirigida por Joel Santana Filho, irmão de Baldy.

No mesmo dia do anúncio, Roberto Naves confirmou sua desfiliação do PP. Naves tem Leandro Ribeiro como aliado de longa data e já o citava como um dos pré-candidatos ao lado de outros nomes da base do prefeito. Mas o prefeito andava insatisfeito com os rumos do PP, especialmente pela aproximação com o Governo Lula, e a forma como a direção estadual escolheu o pré-candidato acelerou a saída dele do partido.

Apesar de ainda não ter definido para qual sigla irá, a tendência é de que o prefeito se filie ao PL, em Goiás comandado pelo senador Wilder Morais. Naves não esconde sua simpatia pelo partido de Valdemar Costa Neto, que ficou turbinado com a filiação do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Ainda é cedo para avaliar o impacto que essa movimentação no PP terá nas articulações para a sucessão eleitoral em Anápolis, em 2024. O certo é que o PT deverá lançar Antônio Gomide, que já governou a cidade, como candidato a prefeito. Se antes, também era certo que haveria um candidato forte de direita, agora abre-se a possibilidade de mais um grupo político de direita, liderado por Naves, também lançar candidatura. Esse nome pode ser do ex-deputado Major Vitor Hugo (PL).

A esposa de Roberto Naves, Vivian Naves, que elegeu-se deputada estadual pelo PP, permanecerá no partido, segundo Naves. O prefeito afirma que a saída dele se deve a diferença de ideais com o comando do partido em Goiás, mas que isso não afeta a situação da esposa.

Compartilhar em:

Notícias em alta