Hoje é 16 de abril de 2024 11:33
Hoje é 16 de abril de 2024 11:33

Alcione e Lenine são artistas confirmados no Aldeia Sesc de Artes

Mais de 60 atrações serão realizadas, entre shows, espetáculos de teatro, circo, dança, intervenções culturais e escambo de livros
Programação contempla várias linguagens artísticas e abraça diversos públicos, de crianças a adultos | Foto: Divulgação

A 10ª edição do Aldeia Sesc de Artes acontece entre os dias 1 e 10 de julho. Em comemoração aos 10 anos de evento, o objetivo é democratizar o acesso à cultura e, por isso, grande parte das atrações serão gratuitas.

Em relação as apresentações pagas, o valor do ingresso máximo é de R$45. A programação contempla várias linguagens artísticas e abraça diversos públicos, de crianças a adultos.

Nomes consagrados da música e da dramaturgia já estão confirmados na Aldeia 2023, como Alcione, Lenine, Marcelo Serrado, Cláudia Abreu, Letícia Sabatella e Daniel Dantas. 

No total, mais de 60 atrações serão realizadas, entre shows, espetáculos de teatro, circo, dança, intervenções culturais, escambo de livros e muito mais.  

Artistas goianos também são destaque na programação, como a dupla sertaneja Igor e Ian, que fará a abertura da Aldeia, no Sesc Centro, além do Grupo Zabriskie, DJ Pri Loyola, Diego Mascate e Pádua. 

Este ano o projeto levará atrações para lugares como a Associação de Idosos do Balneário, Parque Macambira, Parque Leolídio di Ramos Caiado, Teatro Goiânia, Teatro Madre Esperança Garrido, entre vários outros pontos de Goiânia. 

A programação completa será divulgada nos próximos dias no site sescgo.com.br e no perfil do Instagram @sescgo.

De acordo com o presidente do Sistema Fecomércio Goiás, Marcelo Baiocchi, esse é um evento tradicional do Sesc Goiás muito esperado pelos goianienses porque movimenta a cidade oferecendo muitas opções de cultura e lazer. 

“Este ano voltamos com a programação em julho, mês de férias da criançada. Estamos com uma expectativa muito positiva e esperamos ter recorde de público”, destacou Marcelo Baiocchi.

O diretor regional do Sesc e Senac, Leopoldo Veiga Jardim, explicou que uma das missões do Sesc é garantir acessibilidade aos diversos públicos e a Aldeia cumpre bem esse papel. 

“Desde os valores comercializados, até os espaços definidos para a realização do projeto visam essa democratização, pois nosso objetivo é levar cultura para o maior número de pessoas possível”, disse Leopoldo Veiga Jardim.

Compartilhar em:

Notícias em alta