Hoje é 19 de maio de 2024 02:29
Hoje é 19 de maio de 2024 02:29

A convite do Governo de Israel, Caiado visitará locais atacados pelo Hamas

Programação inclui reuniões de negócios visando estreitar laços comerciais com o Estado de Goiás e reunião com o primeiro-ministro israelense
Caiado ao lado do embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zonshine, durante homenagem do Governo de Goiás às vítimas do atentado de 7 de outubro // Foto: Divulgação

Em carta enviada pelo gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, o Governo de Israel reforçou o convite ao governador Ronaldo Caiado (UB) para visitar o país. Caiado viajará ao país judeu, junto com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), no próximo sábado (16), com retorno previsto para o dia 21 de março.

O convite foi feito inicialmente pela Kehilat Or Israel, maior comunidade brasileira em Israel, e a Gmach Brasil, grupo da comunidade judaica brasileira. Também foram convidados os governadores do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), e de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), que declinaram. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que recebeu convite do primeiro-ministro de Israel, mas ele está proibido pela Justiça de deixar o país, já que seu passaporte foi retido em fevereiro, quando foi alvo da operação da Polícia Federal que investiga uma suposta tentativa de golpe de Estado.

Segundo a Kehilat Or Israel, o convite foi feito com o objetivo de “permitir visitar e registrar diretamente os resultados do ataque terrorista que atingiu o Estado de Israel em 7 de outubro”, além de entender os impactos sociais e econômicos da guerra em Gaza.

“É com grande honra e satisfação que o Governo de Israel convida V. Exa. para importante visita em Israel, na próxima semana. Durante a sua estadia, teremos o prazer de convidá-lo a reunir-se com o Primeiro Ministro”, diz o documento enviado ao Palácio das Esmeraldas nesta quarta-feira (13/03). Está prevista também reunião com o presidente de Israel, Isaac Herzog.

A programação inclui reuniões de negócios visando estreitar os laços comerciais com o Estado de Goiás. Haverá visitas a “empresas inovadoras, que podem proporcionar experiências enriquecedoras para promover o diálogo e a colaboração entre as nossas regiões sobre tecnologia, economia de Israel, segurança pública e recursos hídricos.”

A agenda em território israelense será o primeiro ato depois da assinatura do termo de cooperação entre o Governo de Goiás e Israel, firmado em fevereiro, durante a inauguração do parque “Am Israel Chai” (O povo de Israel vive), em Goiânia. A ação prestou homenagem às vítimas do atentado terrorista ocorrido no dia 7 de outubro do ano passado, quando cerca de 1,2 mil israelenses foram mortos.

“Foi o maior atentado desde a criação do Estado de Israel que conduziu a uma guerra pelo retorno dos sequestrados e pela eliminação da organização terrorista do Hamas. Esta visita permitirá a Vossa Excelência ter uma impressão imediata da situação em Israel”, diz a carta do governo israelense ao ressaltar importância do gesto do governador de Goiás.

O embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zonshine, também se manifestou por carta endereçada a Caiado, destacando a disposição do Governo de Israel em receber e conduzir a agenda oficial do governador no país.

Compartilhar em:

Notícias em alta